Brasileiros aumentam o consumo de vitaminas

Segundo pesquisa houve um aumento de 5 por cento no consumo.

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) aponta que 48% dos brasileiros que já tinham o hábito de consumir suplementos alimentares aumentaram a dose em 5 por cento ao longo da pandemia.

Segundo a Nutricionista Angelina Zapponi o consumo de suplementos aumentou durante a pandemia pois a população brasileira tem buscado mantar o sistema imunológico mais forte devido a Covid 19 porém ela alerta que não existe pesquisa que relacione o consumo de vitaminas com a melhora de pacientes acometidos pelo coronavírus.

Ainda segundo dados da ABIAD, os suplementos estão presentes em 54% dos lares brasileiros. Os três tipos de suplementos alimentares mais procurados foram multivitamínicos, vitamina C e vitamina D.

Uma das pessoas que costuma tomar suplementação vitamínica é o Estudante Gustavo Galhardo de 23 anos que é Morador de Santo André que diz tomar além de pé treinos como o whey ele costuma tomar vitamina C para fortalecer os cabelos e aumentar a imunidade, Gustavo ainda diz que as vitaminas que ele toma como a o multivitamínico e a vitamina C foram recomendadas durante uma consulto e por isso ele diz se sentir que está no caminho certo.

Ainda segundo a Nutricionista Angelina Zapponi o consumo de suplementos ainda que auxilie um pouco não vai fazer com que substitua certos tipos de alimentos, por isso é importante manter uma alimentação saudável acompanhada as vitaminas além de fazer exercícios físicos que assim ajudariam a aumentar a imunidade, pois somente a suplementação sozinha não faz efeito algum.

Outro exemplo é de Reinaldo Nascimento que tem 52 anos mora em São Paulo e toma vitaminas C, D3 e K2 além de tomar minerais como Magnésio e Zinco, ele decidiu tomar esses suplementos e minerais devido a pesquisa intensa que ele fez na internet sobre uma vida saudável ele encontrou alguns artigos que o indicavam a tomar os multivitamínicos e além de tomar os suplementos ele não renuncia a não fazer refeições saudáveis, mas a longo prazo ele diz que não vai fazer muito uso dos suplementos.

Angelina ainda recomenda que antes de fazer o uso da suplementação o paciente recorra a um nutricionista ou um endocrinologista especializado nisso pois muitas vezes tomar vitaminas por conta própria pode causar muitos males a saúde, um exemplo é a superdosagem, quando a pessoa toma muito mais vitaminas do que ela precisa.

Autor: Guilherme Zaia

Fonte: Metodista.