Valor dos óculos chega a ser fator decisivo na hora da compra

METODISTA

Valor dos óculos chega  a ser fator decisivo  na hora da compra

O preço continua sendo um dos principais fatores na hora de se encomendar óculos. Há armações que podem chegar até R$ 3,5 mil. Outras, mais simples, R$ 200. A reportagem encontrou até de R$ 50.

No caso da biomédica Lais Krakauer, 46, o modelo e a cor dos óculos são fundamentais na hora da escolha do acessório. “Como sou alta, não posso usar óculos pequenos. Geralmente, compro um por viagem, e acabo lembrando do momento quando estou usando”.

Mercado para compra de óculos existe. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), metade da população mundial necessita de algum tipo de correção para enxergar bem. No Brasil, seriam 50 milhões de pessoas que sofrem de algum tipo de distúrbio de visão.

Já quem trabalha na venda de óculos fala sobre esse mercado. A balconista da ótica Maki, Elenita Tecila, 49, foi categórica: “Depende muito. Tem gente que vai muito pelo custo benefício, aí você consegue conciliar tudo, valor com o que a pessoa está querendo. Mas tem gente que não se importa, escolhe direto pela modelagem. O menor valor de armação que trabalhamos é de R$ 59, o maior é R$ 600 [um Ray-Ban].”

Lais também diz que o valor não é algo que chega a influenciar no momento da escolha. “Compro de R$ 30, como fiz em Campos do Jordão, no ano passado. Eram óculos de grau, apenas mudo a lente. De grau eu tenho cinco, de sol uns 20.”

No entanto, as caracterísitcas da compra também dependem da região. O gerente da rede de óticas Carol, do Shopping ABC, Caio César Barros da Silva, 25, vê diferenças entre regiões. “Já trabalhei em outras cidades em que o cliente quer preço. Aqui conseguimos ter um valor agregado mais elevado”.

Segundo Silva, no caso de venda de peças com valores mais altos, consequentemente, a qualidade é superior. “Na maioria das vezes, o cliente opta por comprar uma lente que seja mais cara, que é o que vai transmitir uma qualidade visual melhor”.

Mas há quem acaba optando pelo preço acessível como primeiro fator decisivo antes de realizar a compra. “Depois de uns R$ 600 já começa a ficar complicado, ainda mais se a loja não permite grandes parcelamentos”, disse a estudante Jaqueline de Castro Duarte, 21.

O preço dos óculos pode chegar a valores bem altos. “Aqui nós temos armações a partir de R$ 200, e o maior valor chega a R$ 3,5 mil, que são óculos de sol de uma marca chamada Illesteva. É uma grife francesa na qual as peças são confeccionadas na França e na Itália de forma artesanal, cita o gerente Silva.

Texto: Giovanni Pannunzio

Fonte: Metodista