Restaurantes no Rudge aderem a cardápios naturais e saudáveis

Alimentos integrais, sem sódio e gordura trans são os mais comuns nos estabelecimentos do bairro

Restaurantes no Rudge aderem a cardápios naturais e saudáveis
Restaurantes no Rudge aderem a cardápios naturais e saudáveis Pratos são preparados de forma natural, sem condimentos e agrotóxicos. Foto: Amanda Leonelli Florindo/RRJ

Frango grelhado com legumes e creme de milho. Yakissoba light. Hamburguer caseiro feito à base de trigo. Caldos desintoxicantes chamados de “Detox”. Esses são alguns itens de cardápios naturais e saudáveis que restaurantes do Rudge Ramos adotaram para atrair clientes. A reportagem constatou que, no bairro, há pelo menos quatro restaurantes que aderiram a essa cozinha.

Um dos motivos dessa adesão é que o cardápio do brasileiro está com maior quantidade de legumes, verduras e frutas. Quem mostra isso é uma pesquisa realizada em dezembro do ano passado e janeiro deste ano pelo Instituto Datafolha.

E, no Rudge Ramos,os restaurantes que aderiram  incluem no cardápio refeições consideradas balanceadas e saudáveis como massas light, arroz integral, grelhados ,salmão e estrogonofe.

Há público para esse setor. O comerciante Marcelo Cardoso Vasconcelos, 31,  mantém uma dieta balanceada há  10 anos. O cuidado com seu físico é uma das principais razões por ter adotado a alimentação saudável.. “Gosto muito de frequentar restaurantes com comidas mais naturais. Acredito que sejam mais baratos. É mais benefício do que custo”, contou.

Dentre os alimentos preferidos dele estão as carnes magras, como por exemplo patinho; frango e batata doce.

Já a assistente jurídica e consumidora Lorrane Poulverini, 22, contou que começou a frequentar restaurantes que oferecem uma comida mais natural há mais ou menos dois meses. Nesse tempo, já observou diferenças nas medidas .“Me sinto melhor agora que estou mudando minha alimentação. Estou emagrecendo e me sinto mais disposta”, disse.

Para atender a esse público, os restaurantes adotam táticas diferentes. No SeedFit, por exemplo, os pratos são oferecidos em sete categorias. As principais são: Fitness (voltado para quem pratica atividades físicas), com 34 pratos; doces e salgados, com 14 pratos; Health (com zero sódio e gordura trans), com 11 pratos.

O educador físico Rafael Alias Silvestre Schroeder, 25, dono do restaurante, explica que o estabelecimento, localizado na av Caminho do Mar, tem preços que variam de R$ 10 a R$ 20. E nem é preciso sair de casa para consumir. O restaurante faz entregas de congelados. Quem precisa individualizar o prato, por causa de orientação médica, por exemplo, também conta com um cardápio personalizado.

Entregas dos alimentos congelados é a principal atividade do restaurante SeedFit. Foto: Amanda Leonelli Florindo/RRJ

Outro restaurante que aposta no saudável e natural é o  + Sabor e Saúde, também na av. Caminho do Mar,  que oferece o sistema self-service. O preço do quilo é de R$ 39,90. No cardápio, há arroz integral, 10 tipos de saladas, verduras refogadas, carnes magras e outros alimentos integrais.

Mas proprietária Cleodinece Favareto, 56, disse que também oferece um cardápio mais comercial, pois nem sempre é possível preparar uma alimentação 100% saudável e, ainda segundo ela, não são todos os clientes  que procuram por esse tipo de dieta. As refeições são preparadas com uma menor quantidade de condimentos. O restaurante não segue uma linha orgânica.

Ainda de acordo com Cleodinice, a maioria da clientela é de mulheres. Na avaliação da proprietária, isso decorre do fato de a mulher se preocupar mais em manter a saúde e o físico.

Já o Leve + Fit ,localizado na av. Bispo César D’Acorso Filho, oferece frango com batata doce, sucos detox, com diferentes frutas e verduras, carnes magras. O restaurante também funciona como um minimercado. O preço das refeições varia de R$ 9,50 a R$ 23,50.

Durante os dois meses de funcionamento, Rubens Lacerda,41, dono do restaurante,  percebeu que 80% do público que frequenta o estabelecimento procura se alimentar melhor por questões de saúde.Os outros 20% são frequentadores de academias

Vizinho do estabelecimento de Lacerda, há o restaurante e minibar Loha. Lá, o consumidor irá encontrar um cardápio diferenciado por ter lanches e drinques saudáveis. Uma opção é hamburguer caseiro feito somente de carne moída à base de trigo. Há também, wraps (massa de pão-folha enrolada com algum recheio natural), arroz sete grãos, risotos e estrogonofe de frango. 

Autores: Alexandre Leoratti e Amanda Leonell Florindo

Fonte: Metodista