REST PLUS UNE SECONDE

A vida passa e chegará um dia que todos os humanos acabam pensando na morte. Para onde vou e o que fará a minha alma? Morte ou transição? Para alguns a morte é o fim de tudo. Morreu acabou! Para outros, não há morte, mas sim, transição. A transição é a mudança de consciência de um plano para outro mais elevado. Há aqueles que não suportam mais viver, pois as condições sociais, materiais, saúde precária, além do desprezo da família lhes trouxeram grande sofrimento.  Mas, há também quem adora viver e sonhar com a vida eterna. Então, é bom acreditar que a morte não existe. Quando esta vida se apaga é apenas uma transição. É como se fosse uma folha de papel queimando. O fogo queima, mas não destrói, apenas transforma a folha em cinzas, gases e fumaça, ou seja, passa de um estágio para outro. Assim é a vida material, passa de um plano meramente material para outro espiritual. Quem já não viu um “ente querido”, pessoa que muito amamos, num leito de hospital, partindo para o além? É neste momento que se vislumbra a saudade e uma dor intensa  no peito e nos faz pensar na separação. Como é difícil pensar que não veremos mais aquela pessoa amada. Caso fosse possível diria: “vem comigo e fica mais um momento”. .Diante dos fatos e da realidade da vida, restam duas certezas: “que a vida é eterna e somos todos irmãos, pois o ar que você respira é o mesmo que todos respiramos”. É um grande consolo. “Um dia, na praia, caminhando na areia quente, pegue um punhado de areia, olhe para o céu e depois a derrame e diga: “Estou vivo e viver é fantástico”! Mas, como é difícil suportar o desaparecimento de pessoa querida. Se pudesse diria àquele que está se desligando deste mundo, “fica mais um segundo (rest plus une second), esqueça as outras dimensões do espaço cósmico e vem comigo”. .A vida é bela em todos os sentidos e, quem puder, deve se preparar para suportar as mudanças que sempre ocorrem repentinamente e abate os amigos e familiares, pois todos os seres humanos têm prazo de validade. O consolo que nos resta é que um dia, quem sabe, nos encontraremos na “Terra do Senhor” e poderemos nos reaproximar, em espírito, dos amigos e pessoas queridas. Assim pensando, não vale a pena ser ganancioso, fraudador, criminoso egoísta, além de praticar tantos males aos semelhantes, partindo para o ataque, criando obstáculos e atuando com ódio no coração, levando sofrimento e dor aos semelhantes. Portanto, haja o que houver, aconteça o que acontecer a Lei Cósmica se cumpre. Nos resta apenas dizer ao criador nos momentos difíceis: “me dê mais um segundo”. A vida é de todos e somos originários da mesma fonte. Logo, os irmãos do planeta, os seres que habitam o universo e outros desconhecidos são todos iguais. Eleve o seu pensamento a Deus e aprenda a amar a vida, os irmãos, os animais e todos os seres. Ao acordar pela manhã, diga: “que todos os seres sejam felizes, que todos os seres sejam ditosos e que todos os seres sejam  iguais.

Olavo Câmara. Advogado e Professor. Mestre e Doutor em Direito e Política