Representatividade da comunidade LGBT é tema do Na Estante; escute

Esta edição do Na Estante comenta sobre  a representatividade da comunidade LGBT na cultura brasileira. O repórter Iago Martins fez crítica à adaptação do filme “O Segredo de Brokeback Mountain” no quadro “Livros, Câmera, Ação”.

O quadro “Aperte o Play”, apresentado pela repórter Mariana Cunha, conta sobre cantores que desafiaram suas épocas se assumindo.

O “Por Trás da Caneta” apresenta um pouco da história do escritor modernista Mário de Andrade, que era homossexual. A “Resenha” feita pela Barbara Caetano conta sobre o livro “Fake”, de Felipe Barenco

Já a reportagem, a Thalita Ribeiro conversou com Natalia Polesso, escritora do livro “Amora”, para entender um pouco mais sobre a necessidade de visibilidade das relações homoafetivas na literatura.

Ouça na íntegra:

 

Fonte: Metodista