Prêmio Brasil Olímpico

MACKENZIE

Na ultima quarta-feira (29), ocorreu no Rio de Janeiro a cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico. Evento organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro, para premiar e homenagear os melhores atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O evento contou com grandes homenagens, prêmios e surpresas, como a despedida do nadador Thiago Pereira das piscinas. O nadador, prata em Londres 2012 e com 23 medalhas em Jogos Panamericanos, se aposenta da natação profissional, como o maior medalhista da natação brasileira.

Outro momento de grande emoção, foi a homenagem e entrega das medalhas de bronze para a equipe feminina do revezamento 4×100 m de Pequim 2008. Após a confirmação do dopping da equipe russa naquela Olimpíada, as medalhas foram passadas para a equipe brasileira, que ficou em 4º. A homenagem para o técnico Bernardinho foi um dos pontos altos, onde ele recebeu o prêmio Adhemar Ferreira da Silva. Honraria concedida aos grandes nomes do esporte brasileiro.

Mas os grandes vencedores da noite foram, a judoca Rafaela Silva, que ganhou a medalha de ouro no Rio de Janeiro, eleita melhor atleta brasileira. Também ganhou por votação popular o prêmio Atleta da Galera. E o canoísta Isaquias Queiroz, que conquistou três medalhas, sendo duas de prata e uma de bronze. Tornando-se o atleta brasileiro com maior número de medalhas em uma edição dos Jogos Olímpicos. Ele foi eleito melhor atleta brasileiro. Rafaela não pode comparecer na cerimônia, pois está na Geórgia, disputando o Grand Prix de Tblisi. Então gravou uma mensagem emocionante, direcionada aos jovens para nunca desistirem de seus sonhos.

Após prêmio, surpresa de Isaquias.

A grande surpresa ocorreu quando Isaquias após receber o prêmio terminou seu discurso dizendo que iria “quebrar o protocolo”. Ele desceu do palco foi em direção a sua namorada, ajoelhou-se e a pediu em casamento na frente de todos. Ela disse “SIM”, a emoção tomou conta e o canoísta foi muito aplaudido.

Atletas e técnicos de diversas modalidades receberam troféus. Estes foram os momentos que mais chamaram atenção. Serviu para mostrar que o Brasil não é só país do Futebol. Também do judô, da canoagem, do vôlei entre outros.

Texto: Charles Hoedemarker

Fonte: Mackenzie