Outono é a melhor época do ano para realizar a poda de plantas

o

Quando pensamos no outono, a primeira imagem que vem a nossa cabeça é a de folhas secas e amareladas caindo dos galhos das árvores. Mas esse é também o período, segundo especialistas, mais favorável para podar e adubar as plantas.

O técnico em paisagismo Alan dos Santos Alves, 37, afirma que deve-se “retirar os galhos secos das árvores para que os [raios de] sol possam penetrar nos ramos dos galhos e [a planta possa] se preparar para que, na primavera, os ramos venham fortes. Agora nessa época muitas espécies entram em dormência, e por isso é muito importante esse cuidado.” No outono, as plantas diminuem as suas atividades, o que faz com que qualquer crescimento não seja facilmente percebido.

Outro método para obter uma vegetação bem cuidada é prestar atenção ao clima em que ela está inserida. De acordo com o professor de Biologia e pesquisador da Universidade de São Paulo, José Carlos Massoneto, 74, “o clima de São Bernardo tem muita influência da Serra do Mar, um bioma da floresta tropical úmida. Então tem que cultivar plantas que se deem bem em umidade, [como] a orquídea [e] a bromélia”.

Segundo Alves, também pode-se cultivar azaleias, girassóis, camélias e a Flor de Maio. O técnico em paisagismo disse ainda que o cultivo pode ser feito tanto em casa quanto em apartamento. “É importante considerar o local e a quantidade de horas de sol que a planta precisa.”

A fotógrafa Larissa Pereira Dias Trindade dos Santos, 25, disse que gosta de cultivar suculentas. “Elas têm várias espécies diferentes, com cores diferentes e são fáceis de multiplicar”. Ela também afirma que para cuidar delas, faz adubo natural com casca de ovo, casca de banana e pó de café.

Alves apoia esta prática, mas com ressalva. “A casca do ovo, se você colocá-la no forno por dois minutos em uma assadeira e depois triturá-la e jogar no pé da planta, já é uma grande fonte de vitaminas, mas não é tudo que a planta precisa”. Ele recomenda o uso de adubos naturais industrializados, que devem ser misturados na água e aplicados na planta.

A assistente administrativa Edinalva Alves Costa Rossi, 50, declarou que, no outono, molha as plantas de acordo com o tempo. “Eu ponho minha mão e se [a terra] está muito seca, molho.” Alves disse que esta prática é “simples e eficaz” e esclarece quando é preciso regar. “Às vezes por cima a terra está seca, mas internamente ela está úmida. Agora, se eu colocar o dedo e a terra está muito fofa, e não saiu nenhuma terra grudada no dedo, então é necessário regar”.

Massoneto ainda faz um apelo à população para que cultive em casa. “Eu acredito que melhorando o meio ambiente, você melhora a qualidade de vida das pessoas. Na cidade, nós temos um ambiente muito árido. Muito cimento, muita pedra e pouca vegetação. Então hoje, é importante ter vegetação dentro da sua casa. As flores deixam um ambiente alegre e isso melhora a qualidade de vida”.]

 

 AUTOR: Luiza Lamas, Gabriel Argachoy 
FONTE: Metodista