Inversão de valores

O que as mentes perversas são capazes? Quando os pais não têm educação, moral, sinceridade e bom caráter, não conseguem passar para os filhos a ética, a probidade e a honestidade, logo o bom caminho deixa de existir e surgem as bandalheiras e desgraças para as futuras gerações. O Estado, os pais, as religiões, as leis e a sociedade devem atuar em conjunto para criar uma sociedade capaz, de alto nível, desenvolvida e desapegada do materialismo puro. O que fazer neste momento de loucuras, desgraças e pessimismos? Comparece uma nação desenvolvida como os EUA e o Brasil, país subdesenvolvido em todas as áreas. Os USA têm quase quatrocentos milhões de habitantes, não paga decimo terceiro,  tem um número mínimo de sindicatos enquanto o Brasil tem milhares; os americanos tratam os seus soldados e policiais com muito respeito enquanto no Brasil policial é tratado como bandido e o bandido é vítima. Enquanto temos mais de setenta mil homicídios por ano os americanos tem em torno de dez mil. A grande maioria das escolas e universidades são públicas, enquanto no Brasil a maioria das universidades são particulares e pagas.  As três palavras mágicas que se deveria ensinar para que o brasileiro tivesse bom comportamento são: liberdade, igualdade e fraternidade. Com ensino de qualidade e buscando melhores condições para saúde, sabedoria e desenvolvimento de caráter, o país mudara o seu ritmo e terá um novo rumo. Quando algumas pessoas comentam que “no seu tempo de estudante e na sua infância a educação, a moralidade e os bons costumes eram diferentes”, os mais jovens contestam dizendo que a sociedade mudou e evoluiu. É verdade! O drama é a imitação. É um tal de um imitar o outro tentando se valorizar em cima do negativismo. “Meu amigo tatuou o seu corpo vou tatuar também”; “na minha escola todos usam piercing vou usar também”; “todos experimentam maconha e crack vou testar” e assim por diante. A independência de caráter é o que nos falta desde a educação no lar, passando pela sociedade, escolas e instituições. É geral estes maus comportamentos, com as devidas exceções.  Este país que é rico, mas péssimo em atitudes e maus costumes. Enquanto não houver mudança de costumes desde as famílias, jamais serão produzidas lideranças brilhantes, independentes e de bom caráter para mergulhar o país no desenvolvimento pleno.

 

Olavo Câmara. Professor, Advogado, Mestre e Doutor em Direito e Política..