Festa de Fim de Ano. Saía do Sufoco!

1

 

Você já está contando os dias para as festas de fim de ano? Está preocupado com as despesas? Ainda está pagando dívidas da metade do ano?

 

Então pare de se descabelar e vamos dar um jeito nisso. Afinal, ficar gritando aos quatro ventos que você está “duro”, não vai mudar nada.

 

Fim do ano está aí, na sua cara, e os gastos com presentes, viagens, guloseimas e enfeites natalinos estão batendo à sua porta. Mas nada de desespero, se pesquisar bem, você encontrará várias dicas na internet de como não se perder nessa época do ano.

Festas de Natal

Ah… O Natal, aquela magia que toma conta de cada ser humano, as pessoas ficam mais alegres, as ruas enfeitadas, as casas aconchegantes, todos à espera do bom velhinho com seu saco vermelho cheio de presentes.

 

Mas também tem a magia do “tô com dívida até o pescoço e ainda nem comprei os presentes da família!”.

 

Sim, isso acontece com todo mundo. Você pensa ser o único com a corda no pescoço? Acha que está sozinho nesse barco? Precisa de ajuda antes que seja tarde?

 

Pois então pode respirar, e bem fundo, porque são enumeras as pessoas que se encontram no mesmo estado de desespero nessa época do ano. Todos tentam de alguma forma sair do sufoco, mas não é fácil. Na última hora todos querem o milagre de sair das dívidas, tentam economizar nas festas de fim de ano, mas isso se torna cada vez mais impossível.

2

 

Não existe fórmula mágica, nem fada madrinha que te salve, se você não se planejar desde o começo do ano, para não ficar sufocado no fim do mesmo.

 

Planeje! Essa é a melhor forma de acabar com essa sensação desesperadora que muitos passam. Organize-se! Para que as festas de fim de ano venham cada vez mais alegres e calmas, com tudo planejado, e sem desespero.

 

Com se já não fosse suficiente, também temos as famosas festas da empresa, que conta sempre com o insistente amigo oculto, e falando em amigo oculto, ele existe em todo lugar.

 

Amigo oculto da empresa, amigo oculto da igreja, da escola, da família, do clube, da vizinhança, amigo oculto dos parentes próximos, amigo oculto dos parentes distantes, amigo oculto, amigo oculto, amigo oculto!!

 

Nunca acabam as festas de fim de ano! Isso é um fato diagnosticado por… Mim. As pessoas gastam sem parar, e sem perceber. Tudo é motivo ou desculpa de comprar mais alguma coisa. “Vou comprar dois pra já ter o presente de fulano.” “Não preciso disso, mas como está na promoção, vou levar pro amigo oculto.” “Eu já tenho esse, mas vou levar pra fulano que não tem, afinal, é Natal.”

 

E nem preciso comentar sobre as pessoas que ganham presentas no amigo oculto que não gostam, ou nunca vão usar, mas guardam para já ter o presente do amigo oculto do próximo ano.

 

Com tudo isso é quase impossível se livrar das dívidas antes do ano se encerrar. Por isso muitas pessoas acabam fazendo promessas de ano novo e não conseguem cumprir.

 

Você também não pode esquecer as despesas do ano que está chegando, como IPTU, IPVA, matrícula da escola, etc. Isso aumenta ainda mais a importância de se planejar, pois as chances de entrar no ano vermelho são grandes.

O que fazer?

Primeiramente, como eu já disse, não existe fórmula mágica, tem que se planejar. Nada cai do céu, e sempre é necessário algum esforço. Mas nada é impossível.

 

Mais uma vez, ORGANIZE-SE! Você não precisa comprar presentes para TODA a família, TODOS os amigos, TODOS os colegas de trabalho. Escolha quem você REALMENTE deseja presentear. Para as demais, compre lembrancinhas, elas são baratas e demostram que mesmo estando apertado, você não esqueceu aquela tia que tomava conta de você quando criança.

 

Para a ceia e almoço de Natal, você não precisa fazer tudo sozinho. Aproveite que a família inteira vai estar reunida e peça ajuda. Cada um levando um prato salgado e sobremesa fica muito mais fácil controlar as despesas.

 

Calcule porções, não saia cozinhando sem parar, pois o desperdício além de ser algo nada consciente, é dinheiro jogado fora.

 

Nunca é tarde para se planejar. Aproveite o momento, falta mais de um mês para o Natal e você não precisa mais se desesperar. Se organize, faça tudo o que tem vontade, mas não esbanje. Gaste com consciência, e aprecie o novo ano chegando sem preocupações.

Noemia Passos é estudante de jornalismo faz parte do projeto Focas de Jornalismo do Clube do Jornalismo desde 2015.