Exchange do bem: Intercâmbio voluntário

MACKENZIE

Para você, Mackenzista, que se interessa por projetos sociais, e deseja praticar o inglês: a editoria internacional, entrevistou  Eduardo Mariano, Presidente e fundador da Exchange do Bem, e selecionou diferentes tipos de intercâmbios sociais!

Exchange do bem é uma empresa que oferece intercâmbios voluntários com o objetivo de transformar o mundo em um lugar melhor.

Há intercâmbios para diferentes gostos e tipos, aqui vão alguns deles:

Proteção à infância

Países: Índia, África do Sul, Tailândia, Nepal, Quênia.

Os voluntários possuem a oportunidade de cuidar de crianças órfãs, com algum tipo de doença (AIDS, deficiência física) ou que são de famílias em situações precárias. As atividades variam de rotina diária, brincadeiras, à simples atos de amor e carinho. É um dos intercâmbios mais marcantes e a qual proporciona experiências incríveis.

Empoderamento feminino

Países: Índia, Nepal, Sri Lanka.

Este projeto tenta trazer às mulheres locais, esperança e oportunidades para uma igualdade de gêneros. O voluntário toma conhecimento de como esse tema é discutido em diferentes culturas, devido ao convívio.

Proteção aos animais

Países: África do Sul, Sri Lanka, Gana, Índia.

Antes e melhor de tudo, para realizar esse intercambio não é necessário ser veterinário ou estudante da área, basta amar os animais e lutar contra os maus-tratos. As opções são diversas, entre cuidar de tartarugas no Sri Lanka, rastreamento de leões na África do Sul, e monitoramento de elefantes!

Educação

Países: Nepal, África do Sul, Tailândia, Sri Lanka.

Não é necessário experiência, apenas vontade, tendo as opções de ensinar inglês, matemática, e várias outras atividades extracurriculares, um simples ato que ajudará a transformar a vida de alguém!

Esportes

Países: África do Sul.

Com o objetivo de tirar crianças da rua e oferecer uma oportunidade para um futuro melhor por meio do esporte, há atividades entre futebol, surf e skate, a qual o voluntário auxilia instrutores e colabora com técnicas para desenvolver as crianças.

Investimento

E agora vamos ao principal, e o preço? Qual o nível de inglês necessário? Como funciona a rotina? E a idade mínima?

Bem, os preços variam entre US$490,00 e US$1050,00, dependendo do tipo de projeto e da quantidade de semanas que o voluntariado pretende permanecer, no pacote está incluso hospedagem, orientação, alimentação e assistência local. Quanto ao nível de inglês, os projetos envolvidos em educação é necessário o avançado, para os demais é intermediário, com exceção de alguns projetos na África do Sul que é permitido o básico.

A rotina geralmente começa às 9h até as 17h, com folga para o almoço e finais de semana livres.

A idade mínima exigida é 18 anos.

E o que um intercâmbio voluntário agregaria?

Para Eduardo, a resposta é a seguinte:

“Os projetos amam nossos voluntários, assim como as crianças. Em muitos países, as crianças não recebem a atenção e carinho que nós consideramos fundamentais para o desenvolvimento delas, então os voluntários auxiliam bastante ao levar amor e carinho, principalmente. De forma material, já tivemos doação de beliches, alimentos, água, brinquedos, material escolar, construção de cozinha, etc.

Para o voluntário, queremos proporcionar um ambiente de imensa inserção cultural, para que ele retorne de sua viagem não apenas com o sentimento de missão cumprida, mas também com um significativo aprendizado sobre a cultura de outro local. Acreditamos que ao vivenciar essa experiência, os voluntários se tornarão embaixadores na conscientização das causas dos projetos e países que escolheram, difundindo ainda mais nossa ideia de espalhar o bem.

Por fim, ao se deparar com um ambiente novo com situações nada usuais no nosso dia-a-dia, nós começamos a refletir mais sobre nossas vidas e valorizar também tudo o que temos. É uma excelente forma de nos descobrirmos e nos conhecermos melhor.”

Eai? Qual foi o tipo de projeto que você mais se interessou?

Texto: Nataly Yumi

Fonte: Mackenzie