Ex-aluno da Metodista lança livro sobre jogos marcantes do Santos F.C.

METODISTA

Ex-aluno da Metodista lança livro sobre jogos marcantes do Santos F.C.

O jornalista e ex-aluno da Universidade Metodista Renan Prates está lançando o livro: “20 jogos eternos do Santos”, escrito em parceria com o colega Bruno Freitas. A obra aborda, em cada capítulo, uma partida importante da história do clube desde sua fundação, como por exemplo as finais da Libertadores (1962,1963 e 2011) e dos Mundiais (1962 e 1963).

“O leitor pode esperar um compilado da história do Santos… A gente tentou escolher um jogo importante de cada década desde os anos 30”, afirmou Renan. Craques santistas como Pelé, Robinho e Neymar são personagens destacados no livro.

Para Renan, o jogo mais marcante dos 20 presentes na obra foi a final do Campeonato Brasileiro contra o Corinthians, em 2002. A partida ficou eternizada na memória dos santistas por conta das pedaladas de Robinho em cima do lateral corintiano Rogério.

Prates se formou no curso de Jornalismo da Metodista no ano de 2005. Desde então, o jornalista direcionou a carreira para cobrir o esporte. Trabalhou sete anos no portal de notícias UOL e hoje é chefe de reportagem no site “Torcedores.com”.

O projeto do livro surgiu da editora “Maquinária”. Outros jornalistas participaram da seleção das partidas abordadas no decorrer das 157 páginas, os jogos mais votados tiveram um capítulo dedicado dentro da obra. Segundo Prates, pesquisas em jornais, livros e revistas foram determinantes no processo de produção.

Ao lado de Bruno Freitas, Prates demorou um ano para concluir os 26 capítulos da obra santista. O financiamento do livro foi feito por meio de um site de “vaquinhas” online, chamado “Abacashi”. O custo para a publicação foi de R$ 12 mil.

O jornalista disse que pretende escrever outros livros, porém desta vez em e-book. Prates contou que tem textos publicados em seu Linkedin e que pretende agrupá-los. “Eu gosto de livros sobre mercado de trabalho, no estilo ‘coaching’. Acredito que tenho uma abordagem diferente do mercado”, declarou.

Texto: Bruno Pegoraro

Fonte: Metodista