Combatendo o desânimo dos brasileiros

Há um bom tempo, desde o impeachment até o momento, que o noticiário somente fala em corrupção, Dilma, Lula e Temer, dos condenados corruptos e dos processos em trâmite em face dos escândalos envolvendo propinas, dinheiro público e dos assaltos os recursos do erário. Que desânimo! Quanto mais a imprensa bater nestas teclas, mais pessimismos chegam aos ouvidos dos brasileiros e a sociedade dorme desesperada. É muito “cara de pau” dos senhores corruptos. Como podem estes políticos envolvidos nestes crimes perambular pelas ruas, viajar de avião e fazer discursos se dizendo inocentes? Vergonha, vergonha, vergonha! Que situação difícil. Agora o presidente da Câmara, Senhor Rodrigo Maia, começou a se indispor com o planalto. É incrível todos se aliam e de repente começam a brigar quando os seus interesses se chocam. Enquanto isso a nação “rodopia” sem esperança, faltando dinheiro e investimento em todas as áreas da administração pública. O país não tem segurança, hospitais dignos e vagas para os enfermos. Temos que apelar aos juízes de direito, encurtem os processos e condenem todos de imediato. O STF – Supremo Tribunal Federal também está de mãos atadas e têm seus compromissos com os outros poderes. Não há liberdade para julgar com justiça. Quando uma instância judicial condena a outra isenta através de recursos. Há uma velha frase falada entre os policiais sobre os criminosos que diz: “A polícia prende, a justiça manda soltar”. É exatamente o que está acontecendo neste momento. Como poderemos modificar esta gloriosa nação do futebol? O que fazer para politizar, educar e disciplinar os cidadãos? O Brasil nunca sofreu uma guerra interna, como os países como o Canada, França, Alemanha, e tantos outros. VAMOS LÁ POVO BRASILEIRO, O OTIMISMO PRECISA TOMAR CONTA DE TODOS. Quando um país passar por grandes transtornos internos a sociedade se modifica e o comportamento da população passa a ser disciplinado. Os brasileiros deveriam valorizar profundamente esta terra abençoada, mas somente desperdiçam as oportunidades. Disse um padre da Igreja Santa Rita: “o povo recebe tantas coisas negativas da política e do noticiário que começa a haver desilusão”. É o negativismo. Mas, não podemos perder a esperança tudo passará e dias melhores virão. Pense positivamente e envie, diariamente, pensamentos elevados aos políticos, mesmo para aqueles que são desonestos, pois Deus tudo pode.

Olavo Câmara, Advogado, Professor, Mestre e Doutor em Direito e Política.