Cerveja artesanal ganha espaço no mercado; assista

umsp

 

Água, malte, lúpulo e levedura. Misturando esses ingredientes, é possível produzir uma cerveja artesanal. “É como preparar comida”, afirmou o empresário Luciano Cavalcante Silva, que observou o aumento na procura de cursos para o preparo da bebida e na compra de equipamentos para a produção.

Para driblar os preços da bebida, que costuma ser mais cara que as cervejas comerciais, algumas pessoas têm produzido a bebida na própria casa, segundo o empresário. Silva ainda traçou o perfil do consumidor de cerveja artesanal: pessoas que estão se acostumando a tomar cerveja “de qualidade”.

Bruno Reis de Almeida é um desses consumidores.”Não é uma cerveja para se refrescar ou ficar embriagado. A bebida artesanal proporciona sabores que não são encontrados em cervejas comuns.”

O mercado de cervejas no Brasil movimenta cerca de 1,6% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional. Existem cerca de 400 cervejarias no país, de porte grande ou micro. E cerca de 70% das marcas vendidas em sites especializados são nacionais. O Brasil ocupa a terceira posição no ranking mundial de consumidores da bebida.

Reportagem e Imagens: Gabriel Granjo
Edição: Flávia Jofre

Fonte: Metodista