Casais que rodam o mundo

MACKENZIE
Pessoas estão deixando suas casas, amigos, família e emprego para viver um sonho: rodar o mundo. Cada um encontrou um jeito e um parceiro para essa aventura. Mas, todos têm um desejo em comum, desvendar cada canto desse planeta sem ter pressa ou preocupação em voltar para casa.
A Editoria Internacional, reuniu diversas histórias de pessoas que se arriscam para inspirar e incentivar você, mackenzista, a viajar.

Travel and Share

travel-and-share

Rômulo e Mirella se conheceram no Tinder e logo no primeiro encontro falaram do desejo de viajar pelo mundo. Rômulo já tinha planos de rodar pegando carona durante o trajeto. Mas, Mirella o convenceu de investirem em um bom carro, que os levasse para essa aventura.
Foi assim, que a Galega, o carro que recebeu um apelido carinhoso, nasceu. A mineira e o gaúcho iniciaram seu trajeto pela Argentina, chegaram até o Alasca e agora estão desbravando a Europa. A forma de sustendo do casal é fornecer conteúdos diversos para as marcas que os contratam. Além disso, ele têm um programa de TV, que eles mesmos produzem e editam, para o canal Travel Box Brasil. Como hobby e talvez uma futura forma de sustendo, o casal investe muito em seu canal de Youtube. Eles produzem vlogs, praticamente diários, de alta qualidade.
Atrás da Galega eles levam uma mini casa, que permite que eles durmam e tomem banho no próprio carro. Além disso, eles utilizam do programa de CouchSurfing, uma comunidade na internet, em que locais disponibilizam seu sofá ou quarto para que viajantes como eles ,possam passar a noite. Foi uma forma em que o casal encontrou para fazer amigos e conhecer os costumes locais gastando pouco.

Mundo à volta: viajar e trabalhar

mundo-a-volta-2

Gabriela e Lucas, são um casal, que trabalhavam em uma multinacional em Porto Alegre, quando perceberam que a vida que levavam não fazia mais sentido. Os dois decidiram largar tudo e criar uma produtora itinerante. O projeto deles consiste em viajar e em cada cidade que param, produzir um mini documentário turístico e falar com locais qual é a sensação de viver lá.
Diferentemente do casal Travel and Share, eles não viajam de carro e sim com transportes como ônibus e avião, tudo depende do lugar.
Utilizam o CouchSurfing, Hostels e o Airbnb para suas acomodações, pensando sempre em gastar o mínimo possível. A produtora ainda não é autossuficiente e a dupla vive com as economias que fizeram antes da viagem. Seu trajeto começou pela Argentina e estão fazendo todo o continente Sul Americano.

Vira Volta

viravolta

Carol, uma brasileira e Alexis, um francês, resolveram lagar tudo e dar a volta ao mundo durante dois anos. Depois dessa experiência, que mudou a vida do casal, eles se viram na obrigação de inspirar e realizar o sonhos de pessoas que queiram fazer o mesmo.
Por isso, o trabalho deles, além de produzir conteúdos turísticos sobre suas viagens, eles fazem palestras inspiracionais, cursos e Workshops de como viajar de uma maneira barata, encontros para esclarecer e ajudar os futuros viajantes, consultas personalizadas para o planejamento, linha direta que é um bate papo com o casal e, também, disponibilizam gratuitamente: e-books, listas e planilhas, que ajudam o viajante.
O diferencial dos dois é que eles não se restringem a conteúdos turísticos e sim a algo que motive seus leitores a fazerem o mesmo.

Vivendo Mundo Afora

vivendo-mundo-afora

Otaviano e Vanessa estão juntos desde 2012. Iniciaram seu projeto de volta ao mundo em março de 2015. Cansados da vida pacata foram inspirados pelo livro e a palestra Mundo por Terra, de Roy Rudnick e Michelle Weiss, para embarcar nessa viagem. O objetivo deles é produzir um documentário sobre os quatro cantos do mundo, com o intuito de disseminar cultura e conhecimento para a população. Ao final da viagem, o longa será divulgado gratuitamente na internet e em escolas da rede pública. Além disso, eles produzem conteúdo nas redes sociais e no canal de Youtube.
O casal viaja na Maria Eugênia, um carro projetado por eles mesmos para rodar mundo afora. Eles vivem dentro dela contendo: cama, chuveiro, cozinha, teto solar (para captação de energia) e outras funções necessária para se viver. Diferentemente dos outros casais, eles iniciaram a viagem explorando o próprio Brasil.

Sarah e Renato

sarah-e-renato

Da nossa lista eles são os únicos que não têm canal no Youtube ou blog para compartilhar a sua experiência. Além disso, eles não viajam por terra e sim por mar. Compraram a Ipanema, o barco que também foi apelidado, na Croácia e iniciaram a viagem por lá.
A dupla se sustenta recebendo hóspedes em sua embarcação, que possui três quartos disponíveis, além de darem aulas de esportes aquáticos pelo mundo. Assim como a Maria Eugênia, o barco é sustentável e possui teto solar para a captação de energia. A viagem começou pelo Mediterrâneo mas o destino é o Pacífico. Qualquer um pode estar a bordo da Ipanema, basta reservar seu lugar e embarcar.

AUTOR: Elizabeth D’ Andrea Matravolgyi

FONTE: Mackenzie