Alunos da UnB ganham prêmio em desafio da NASA

Eles conquistam o primeiro lugar na etapa Brasília e agora seguem para o nível mundial.

Neste último fim de semana, alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia Mecatrônica da UnB conquistaram o primeiro lugar do desafio Hackathon, promovido pela Nasa. Eles conquistaram o primeiro lugar na etapa de Brasília ao apresentar uma proposta para a missão The Golden Record, de 1977. O desafio consistia em elaborar uma maneira de enviar ao espaço músicas e imagens que representassem a essência da humanidade. O grupo apresentou uma proposta de gravar os dados no DNA de uma bactéria, enquanto a missão oficial gravou os dados em ouro. Agora, eles partem para o nível mundial da competição.

O evento NASA Space Apps Challenge aconteceu no IESB Norte. Pela primeira vez em nível mundial, a proposta era solucionar um problema disponibilizado pela instituição no prazo de 48 horas.

A equipe Laica, formada pelas alunas Letícia Camara e Ana Carolina Cabral, do mestrado, e pelos alunos Lukas Lorenz, Bruno Takashi e Luan Haickel, da graduação em Engenharia Mecatrônica, recebeu o desafio na sexta-feira pela manhã, antes do evento que aconteceu durante o fim de semana. “Tinham pessoas encarregadas de prestarem ajuda técnica, que eram chamadas de mentores”, explica Lukas Lorenz. “como o gerente de tecnologia da Microsoft na sede de Brasília e um ex-astronauta”.

Os alunos fazem parte do Laica, Laboratório de Inovação em Ciências Aeroespaciais, uma ramificação do Laboratório de Simulação e Controle de Sistemas Aeroespaciais da UnB.

Autora: Mariah Aquino.

Fonte: UnB.