Acessórios põem saúde em risco

Bolsas, brincos pesados, salto altos e cintas podem causar varizes e dores na coluna

Acessórios põem saúde em risco


Muitas mulheres, por vaidade ou necessidade, não medem esforços para ficar sempre bonitas e bem produzidas. Em busca de um visual perfeito, vale usar cinta modeladora, salto alto e até sobrecarregar a bolsa com maquiagens e acessórios.

Mas toda essa beleza pode ser prejudicial. É que alguns itens do vestuário feminino podem causar danos irreversíveis à saúde. Leia a seguir ´sobre alguns deles.

Dificilmente as mulheres resistem a calçados com saltos altos, afinal ele é o responsável por deixar a silhueta mais elegante, mesmo à custa de dores nas costas e nas pernas. Quem passa por isso é a secretária Érica Pessoa, 21, que mora no bairro do Campanário, em Diadema, e usa salto diariamente. “Me sinto mais elegante. Acredito que o mais importante é se sentir bem consigo mesmo.”

Segundo a cirurgiã vascular Vivian Helena Pedroso Barão, ao se equilibrar com o sapato salto, a concentração do peso fica restrita aos dedos. Outro problema é a dificuldade na flexão da planta do pé, o que prejudica a circulação e tendência a varizes. “Além disso, o salto altera a musculatura da perna.”

Esse é o problema também da analista de pleno marketing Débora Ohnmacht, 35, moradora do Centro de Diadema. Ela trabalha de salto alto todos os dias, chegando a ficar com o sapato cerca de nove horas por dia. “Sempre trabalhei de salto, sinto muitas dores nas pernas e na lombar, além do aparecimento de varizes.”

De acordo com a especialista Vivian, permanecer muito tempo em pé pressiona o abdome o que pode elevar o risco de varizes ou agravar a doença.

Brincos Grandes

Bonitos e cheio de estilos, os brincos enormes são tendência e garantem o charme no visual. Mas cuidado: o cirurgião plástico Sidney Zanasi adverte que o uso contínuo desse acessório pode prejudicar as orelhas a longo prazo, até mesmo a ruptura do lóbulo.” Os brincos pesados não são capazes apenas de rasgar a orelha, mas também fazer com que ela abra em duas partes, causando problemas estéticos”, alerta.

Bolsas Pesadas

Dizem que as mulheres carregam o mundo nas costas, e na correria do dia a dia, é muito comum o uso de bolsas pesadas, carteira, guarda-chuva, caderno, estojo de maquiagem. Esse excesso de peso pode levar a lesões nos ombros e nas costas.

Segundo o ortopedista Renato Tambani, o uso de bolsa com excesso e o posicionamento inadequado resultam em uma série de problemas para a coluna vertical. Ele explica que a alteração do equilíbrio ao caminhar faz com que o corpo tente corrigir a todo o momento o posicionamento.

Cintas Modeladoras

O desejo de ter a famosa cinturinha de pilão tem levado algumas mulheres a se espremer horas por dia e também durante a prática de atividade física. Os rápidos resultados, porém, são desmistificados por especialistas. “Isso é propaganda enganosa. Para perder um centímetro de medida por semana é preciso muita dedicação em dieta e esporte”, disse o cirurgião plástico Sidney Zanasi.

A vendedora Priscila Camargo, 34, que mora no bairro Camilópolis, em Santo André, explica que começou a usar o item por causa da profissão. “A cinta modeladora me ajuda a segurar a lombar e o abdômen, o que é essencial para quem trabalha em pé.”

Zanasi também afirmou que o produto nada mais é do que uma peça de roupa, e que não funciona para deixar a silhueta mais fininha.” É importante ressaltar que não se deve usar uma cinta muito apertada, pois isso produz aumento da pressão intra-abdominal, o que pode levar a diminuição do retorno venoso, podendo contribuir para o aparecimento de varizes”, afirma.

Autora: Marcia Souza.

Fonte: Metodista.