4 pontos turísticos em Paris

MACKENZIE

Palco de grandes eventos históricos, a famosa Paris é uma das cidades mais almejadas pelos turistas. De fato, a Torre Eiffel é o ponto turístico de maior notoriedade, mas a metrópole também contêm interessantes lugares a serem contemplados. Hoje, nós trouxemos para vocês 4 pontos turísticos em Paris, indicados pela mackenzista, Amanda Pickler, 21.

Em uma visita a seu amigo Antônio, estuda na Universidade de Paris, Amanda conheceu a cidade das luzes em Dezembro de 2017. Lá, ela alugou um flat, perto do alojamento da Universidade. Para sua mobilidade, Pickler utilizava o metrô parisiense com um sistema muito parecido com o do Brasil.

1 – Catacumbas de Paris

As tão conhecidas catacumbas, retratadas no filme “Assim na Terra como no inferno”, são ossuários subterrâneos resultantes de es

cavações arqueológicas. Pickler conta que em sua visita é possível ter uma “mini viagem” através de audioguias. A grande atração é organizada em setores e contém mais de 400 km de extensão.

 

 

2- Café Le Procope

O café mais antigo do mundo foi frequentado por grandes nomes como Napoleão e Benjamin Franklin. O aclamado café também foi sede de reuniões dos Jacobinos durante a Revolução Francesa.

A aluna conta que lá pôde cumprir uma promessa feita à mais de cinco anos. Onde seu mesmo amigo, Antônio, disse a ela que nesse café havia provado o melhor profiterole de sua vida. Amanda então prometeu para si mesma que nunca provaria tal comida, antes de comer no Le Procope.

“Lá, eu finalmente pude comer profiterole, coisa que eu nunca havia feito. Além da sopa de cebola gratinada, vale super a pena!”

 

3- Museu George Pompidou

O museu de arte contemporânea e moderna, é uma construção muito notória por sua arquitetura high-tech, que foi tendência nos anos 1970.

“Ele é muito bonito por fora, não tem como você olhar e não repará-lo”, conta Amanda.

 

 

4- Shakespeare and company

Localizada na zona sul de Paris, é  uma livraria com livros somente em inglês. A livraria foi ponto de encontro entre grandes escritores nos anos 1920.

“Na livraria, eles colocam um carimbo em todos os livros que você compra para se lembrar de que você esteve lá”.

Além disso, Amanda conta que é um lugar “pequenininho de aconchegante”.

 

Autora: Rebecca Gomes

Fonte: Mackenzie